Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2011
É todo esse conhecimento sensível sobre a impotência. É isso.
Tudo tem corrido bem, embora eu nao tenha muito tempo pra sentar e estudar sem estar cansada. Daqui a pouco o grupo de Pesquisa de Arte Coreográfica recomeça e o de Improvisação - Butô começa. Faculdade a todo vapor, disciplina de Práticas Corporais II tem socado a minha cara sobre a minha dificuldade em memorização de passos por simples falta de auto-confiança. Sem ela, não se dança NADA. Disiciplina de estética acrescenta ABSURDOS! Daqui a pouco estou mais independente e com mais tempo pra estudar, já que as aulas de direção que estão tirando o meu bom tempo livre que tenho para isso vão acabar. Estou no francês e animadíssima, agarrando a oportunidade, pensando no intercâmbio pra França.
Tenho que ter calma, estou aprendendo, ter calma pra terminar o que começo. É mais difícil quando o dinheiro falta, causa uma agonia e um pequeno desespero de mudar o foco das coisas, mas na verdade é só RESPIRAR e TRANSPIRAR com o que vc já tem nas mãos. Ah, estou com sapatos novos de sapateado e ganh…

ouvido dos pés

Imagem

naoéoquenãopodeserquenãoéoquenãopodeserquenãoéoquenãopodeserquenão.éoquenão.

Sacadas.Vitrines. Escadas.Tabuleiro. Sacadas da realidade deficiente bonita. A visão da manhã de hoje indo pra faculdade, quando vi e percebi, enxerguei o meu espírito de novo naquela vitrine saborosa: a janela do carro ao lado. Era um garotinho, cheganado na escola, no banco de trás, apertando os olhos pra olhar pro sol das 7 horas que estava rente aos meus cabelos, ao meu lado direito, rangendo os dentes. Devo, depois disso, estar subindo os degrais das escadas da minha essência, ou pelo menos subindo à superfície dessa água salgada, sem fôlego, desde o dia que pulei do trampolim de cabeça. Quase andei perdendo os sentidos.
Atristezanãotemsaiaprasambar. Nos tabuleiros de xadrez só toca na peça se for mexer.

Enquanto houverem garotos e garotas chatead@s,o Rock and Roll continuará a existir.

Imagem

Fim.

Espero que este fim de férias dê um começo de dias doces na minha vida, porque ela está super diet. É sério, vou coloar um ponto final nisso tudo. Na covardia, nos medos, na falta de apetite, nos chororôs quase intermináveis durante o dia, um ponto final nessa maldita vontade de ficar deitada e pensando em tudo, recebendo o peso de tudo, sem quase nada ser meu. E acima de tudo vou terminar o que começo, deixar de ser frustrada, e parar com essa mania feia que comecei de olhar pra vida dos outros e achar mais bonita, mais colorida. Eu sei que eu sei andar de perna de pau e pintar minha cara com uma bola vermelha no nariz, eu sei tocar pífano e trazer lucidez doida às mentes, inclusive à minha. Eu sei que tenho que dar muito mais valor ao que eu tenho dentro de mim, essa criatividade, a alegria, e o mega kerouac caminha nos meus pés ( ele está dormindo, só pode). Só queria saber do motuvo da minha pressão baixa, cacete. A cada movimeto brusco, uma noite nas vistas, com direito a estrelas…

LORRAINE PAASSOOOU CARAAAAAAAAAAAALHO!!!!

Imagem
UNB, VAI SE FODER!
Agora não da mesmo pra ser feliz, é impossível. Mas quem disse que a gente precisa ser sempre feliz ? Isso é bobagem. Como Vinícius cantou "é melhor viver do que ser feliz". Porque, pra viver de verdade, a gente tem que quebrar a cara. Tem que tentar e não conseguir. Achar que vai dar e ver que não deu. Querer muito e não alcançar. Ter e perder. Tem que ter coragem de olhar no fundo dos olhos de alguém que a gente ama e dizer uma coisa terrível, mas que tem que ser dita. Tem que ter coragem de olhar no fundo dos olhos de alguém que a gente ama e ouvir uma coisa terrível, que tem que ser ouvida. A vida é incontornável. A gente perde, leva porrada, é passado pra trás, cai. Dói, ai, doi demaais. Mas passa. Está vendo essa dor que agora samba no seu peito de salto agulha? Você ainda vai olhá-la no fundo dos olhos e rir da cara dela. Juro que estou falando a verdade. Eu não minto. Vai passar.Caio
Ficar em casa me causa um grande desespero. Como pode isso? É aonde me encontro mais triste. Meus laços familiares são bem desgastados. SOCORRO, alguem me dê um coração... Não recebo mais poesias de quem espero. Piores férias da minha vida. Cheia de telefonemas com contações de histórias dos outros superinteressantes... 
eu queria que a gente andasse de maos dadas de qualquer maneira... queria estar dentro das possibilidades de que tudo pode acontecer. Mas nada acontece. Eu e minha pressão baixa, sobre mim, sobre você. Estou cansada da palavra tristeza;
Ficar em casa significa estar doente, estar a mando, estar com medo, estar mentindo. Passei minhas férias inteiras dentro dessa casa. Daí sem caber nas roupas que eu cabia, sem encher a casa de alegria... e eu querendo bem e sendo esquecida. VC SO FALA QUE NÃO DÁ. Não consigo me adaptar.

saudade do beco que está voltando

Imagem